Itens para manter a casa protegida durante o carnaval

Ainda há ladrão que use o método tradicional de pular o muro para invadir as residências. Como medida de segurança, as casas de materiais de construção fazem promoção de lanças de ferro para o portão, sobretudo no período das férias em que os roubos acontecem com mais frequência.

Fabricadas em chapa de aço, as lanças podem ser aplicadas em muros de concreto ou tijolos (com ou sem cerca elétrica), e estruturas metálicas (portões de elevação e grades). “Elas inibem a entrada de invasores no imóvel, pois dificultam o apoio de quem possa querer subir no muro, evitando que pessoas ou animais caminhem em cima”, explica Bruno Landim, gerente comercial da Pinheiro Ferragens.

As lanças de muro têm pontas grandes e pontiagudas, sendo bem fáceis de instalar, de acordo com Bruno. Algumas ainda possuem desenho compacto proporcionando ao mesmo tempo beleza e proteção para a casa. “É importante que elas possuam nervura para dificultar as dobras, pois existem quadrilhas especializadas que agem de forma profissional”, lembra.

A escolha correta desse material se dá pela dificuldade que a barreira física impõe para ser escalada. Em portões de ferro, por exemplo, são empregados elementos horizontais que formam uma “escada”, o que facilita a ação dos bandidos. Outra vantagem é que as lanças evitam a presença de gatos e pombos, que acabam causando muita sujeira na frente da casa. Se os proprietários não estiverem na cidade, isso vira até motivo de mal-estar para os vizinhos devido ao odor.

Concertinas – De fácil instalação, as concertinas podem ser aplicadas em muros de até 8 metros de comprimento. “Ficam disponíveis em vários diâmetros conforme a necessidade do cliente”, avisa o gerente comercial da Pinheiro Ferragens. A novidade é que as concertinas costumam sair mais baratas que as cercas elétricas.

A concertina é uma cerca de formato espiral composta de lâminas de aço cortante. Pode ser considerada a evolução do arame farpado, sendo mais usada para a proteção de residências.

São diferenciadas pela distância e pelo tamanho entre lâminas, diâmetro e espirais: concertina simples (indicadas para áreas de menor risco), dupla clipada (maior proteção perimetral e sistemas automotizados na produção), flat (lâminas afiadas e perfurantes), pintada (opção para áreas que requerem aparência mais discreta e bonita), e eletrificada (sistema cortante e de eletricidade juntos)