Terceirizada inicia aplicação de lama asfáltica em Apucarana

As equipes próprias da prefeitura, responsáveis pela manutenção da malha viária de Apucarana, ganharam nesta semana um importante reforço. Tive início o trabalho da empresa Asfaltopav Serviços de Pavimentação Ltda, que foi contratada via licitação para promover aplicação de lama asfáltica em 100 mil metros quadrados de asfalto.

A primeira rua beneficiada pelo contrato foi a Rua Gonçalves Dias, que corta as vilas Vera Cruz, Ivone e Vila Maria. “Nesta etapa inicial vamos promover recuperação das ruas do Bairro 28 de Janeiro e imediações, e da Barra Funda. Na sequência, paulatinamente, beneficiaremos diversas outras regiões”, pontua o prefeito Beto Preto (PT). Além da aplicação da lama asfáltica, estão previstos ainda serviços de limpeza, regularização das ruas, operação tapa-buracos e pintura de ligação com emulsão asfáltica.

O investimento total do pacote é de R$ 742 mil. “São recursos do próprio município que serão utilizados na melhoria da malha viária em dez regiões da cidade”, esclarece Beto. O contrato com a empresa é pelo período de um ano.

O secretário de Obras, vice-prefeito Júnior da Femac, destaca que a empresa possui equipamentos de ponta, capazes de recuperar uma área de 3 a 4 mil metros quadrados por dia. “Somados os esforços que já dispomos com nossas equipes próprias, este contrato possibilita que avancemos com maior agilidade na recuperação da malha viária da cidade”, observa.

Secagem – Devido suas características, após aplicada a lama asfáltica necessita de pelo menos 48 horas para secagem. Para tanto, nas ruas em que a benfeitoria chega, o trânsito de veículos e pedestres sobre a via é proibido. “Não há exceções, seja veículo leve ou pesado, moto ou bicicleta, para que o material seque e a obra seja concluída com qualidade, é necessário que a comunidade respeite as barreiras e não transite sobre a rua”, pede Júnior da Femac, secretário de Obras. Ele diz que os moradores podem ajudar a prefeitura e atuar como fiscais. “Se necessário, devem acionar as autoridades, como a Guarda Municipal”, orienta. O telefone para contato é o 3422-7344.