Programa de profissionalização forma mais duas turmas

A Prefeitura de Apucarana e o Serviço Social do Transporte (SEST) e Serviço Nacional do Transporte (SENAT), de Londrina, realizaram ontem a formatura de mais uma turma do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego).

São 33 formados nos cursos profissionalizantes de Operador de Empilhadeira, Porteiro e Vigia. Os cursos foram realizados no Centro da Juventude, no jardim Diamantina. O evento contou com a participação do diretor do SEST SENAT/ Londrina, Campolim Torres Neto, do prefeito Beto Preto e de secretários municipais. Familiares dos formandos prestigiaram a entrega dos certificados. Na semana passada aconteceu a formatura de 499 profissionais, em 29 cursos.

“Apucarana se destaca pelo empenho em receber e realizar os cursos do Pronatec. Enquanto outros municípios recusam o programa e não se organizam, aqui existem pessoas que trabalham para fazer os cursos acontecerem”, destacou Campolim Torres Neto, diretor do SEST SENAT.

O município oferece desde o ano passado a profissionalização em 30 cursos, dentre eles: operador de empilhadeira, mecânico de automóveis, pedreiro, confeiteiro, cabeleireiro, operador de caixa, operador de computador, aplicador de revestimento cerâmico, auxiliar administrativo, auxiliar de cozinha, cabeleireiro assistente, costura industrial, cuidador de idosos, inglês básico, inglês intermediário, eletricista de automóvel, manicure e pedicure, mecânico de máquina de costura, e outros.

“Nossa cidade resolveu priorizar o Pronatec e está dando certo. Este é um dos pilares dos programas sociais do Governo Federal, visando a geração de oportunidades na profissionalização”, argumenta o prefeito Beto Preto.

Todos os cursos são gratuitos e oferecem benefício financeiro para o vale-transporte e o lanche. Inscrições para novas turmas já estão abertas. No ato da matrícula os interessados devem apresentar a cópia do RG e do CPF, comprovante de residência e Cadastro Único (número do NIS).

No caso de menores de 18 anos (idade mínima exigida é 15 anos), é preciso a documentação do responsável. As inscrições podem ser feitas nos CRAS, na Agência do Trabalhador e no Centro de Qualificação Total (antiga Escola da Oportunidade). Maiores informações pelo telefone (43) 3423-1376.