Presidente da Fiep inaugura laboratórios em Apucarana

O presidente do Sistema Fiep (Federação as Indústrias do Paraná), Edson Campagnolo, e o prefeito de Apucarana, Beto Preto, inauguraram nesta quarta-feira (19/03) o Laboratório de Alta  Tensão e a Oficina CNC (Controle Numérico Computadorizado). O ato ocorreu nas dependências do Sesi|Senai, localizado na Avenida Aviação, e contou ainda com a presença do vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Junior, que também é vice-presidente da Fiep, e de vários representantes de entidades e do empresariado local e regional.

Campagnolo apresentou à imprensa o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), assinando na sequência termos de compromissos entre o IEL e presidentes de sindicatos locais. Já com o Município de Apucarana, foi assinado o contrato de prestação de serviços que garantirá estágio a cerca de 200 estudantes em vários setores da Prefeitura.

O Laboratório de Alta Tensão atenderá cerca de 400 alunos por ano, em cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento. O equipamento foi viabilizado através de uma parceria com a empresa Romagnole  Produtos Elétricos S/A. “O Laboratório permite que o aluno assimile o conhecimento e a função de cada componente. É uma oportunidade também para a empresa mostrar o que fabrica e significa também uma aproximação com o centro de excelência. A indústria precisa muito deste centro de formação de profissionais”, destaca Alexandre Romagnole, presidente da empresa.

A oficina  CNC recebeu investimentos de R$ 235 mil e tem capacidade de atender, em média, 200 alunos por ano. Na inauguração do espaço, foi feita uma demonstração num torno automatizado, produzindo uma peça (martelo de esfera) em cerca de dois minutos, enquanto no torno tradicional o tempo seria de aproximadamente duas horas e meia. De acordo com o presidente da Fiep, a oficina aumenta a competitividade, trazendo precisão, qualidade e maior produção. “O sistema alia teoria e prática, fazendo a diferença nas comunidades. As inaugurações são importantes para Apucarana, que está presente pela força dos seus empresários, para a região e para o Paraná”, frisa Campagnolo.

O prefeito de Apucarana, Beto Preto, lembrou da sua experiência profissional no Sesi, atuando no programa de medicina do trabalho.  “Foi uma oportunidade em que pude conhecer de perto as indústrias, as ações dentro das empresas. Agora, na Prefeitura, temos o nosso olhar voltado para a cidade e também para a região. Apucarana é forte no setor de confecções, mas também estamos atentos ao que acontece ao redor”, assinala.

Beto Preto destacou as ações de formação da mão de obra, citando como exemplo o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Apucarana é o maior Pronatec per capita do Paraná e vamos trabalhar para manter essa marca em 2014. Já oferecemos vários  cursos do programa junto com o Sistema Sesi/Senai e agora vamos ampliar essa parceria, com a contratação de estagiários pelo Instituto Euvaldo Lodi”, completa, sendo na sequência parabenizado pelo presidente da Fiep, que classificou o programa como “o grande legado do Governo Federal”. “Parabéns a vocês de Apucarana que fizeram a lição de casa”, acrescentou Campagnolo.

O vice-prefeito de Apucarana afirma que os novos investimentos feitos em Apucarana pelo Sistema Sesi/Senai trarão benefícios para toda a região, especialmente na formação de novos profissionais. “No caso da oficina de CNC, os alunos manterão contato com uma tecnologia avançada, que permite a reprodução em série de peças por meio de um sistema totalmente automatizado. Isso é de fundamental importância para as indústrias de Apucarana e de toda a região”, salienta, lembrando que o Sistema Sesi/Senai de Apucarana atende 22 municípios, especialmente nos  segmentos da  confecção e vestuário, metal-mecânica, eletroeletrônica, construção civil, automotiva, têxtil, alimentos e agroindústria.