Prefeitura e Caixa lançam programa de microcrédito

O caminho ficou mais fácil para os pequenos empreendedores que precisam de dinheiro para iniciar, ampliar ou manter o seu negócio. A Caixa Econômica Federal (CEF) e a Prefeitura de Apucarana lançaram nesta terça-feira (14/01) o Programa Microcrédito Crescer, uma forma simplificada de obter recursos. O programa conta, como diferencial, assistência e orientação técnica no planejamento do negócio. Em Apucarana, os interessados terão um atendimento personalizado, nas próprias residências, feito pelos agentes de saúde e de endemias.

“Vocês sabem onde tem uma facção de fundo de quintal e que precisa de dinheiro para consertar uma máquina de costura ou para comprar tecido”, disse Beto Preto, dirigindo-se a cerca de 250 agentes de saúde e de endemias que estiveram presentes no polo Apucarana da Universidade Aberta do Brasil (UAB), onde ocorreu o lançamento do programa. A solenidade contou ainda com a presença  do gerente regional da CEF, Olides Millezi Junior, do gerente local, Paulo Sérgio Vançan, e da supervisora de filial, Roberta Mantelato Neiva, além de vereadores e secretários municipais, entre outras autoridades civis e militares.

Beto Preto destacou o pioneirismo de Apucarana na forma de abordagem do público-alvo, que contará com a presença constante de mobilizadores sociais nas comunidades. “É uma iniciativa histórica e pioneira no Brasil. Vamos abrir a janela de uma área, no caso a saúde, para outras áreas, desenvolvendo um trabalho intersetorial, unindo forças em favor de programas sociais”, frisa.  A meta, de acordo com o prefeito, é atender em 2014 cerca de 2.000 pessoas e chegar a R$ 3 milhões em operações de crédito. “Temos o exemplo Chopinzinho, um município com cerca de 20 mil habitantes, e que em dois anos conseguiu contratar R$ 6 milhões”, cita.

Lançado pela presidente Dilma Rousseff em 2011, o programa disponibiliza linha de crédito para capital de giro ou investimento fixo a empreendedores formais ou informais. Conforme Olides Millezi Junior, gerente regional da CEF, a operação oferece facilidade de contratação, taxa de juros reduzida – de 0,40742% ao mês – e prazo de até 18 meses para pagar. “Com a participação dos agentes, que estão sendo capacitados pela Caixa, o programa ganha uma capilaridade enorme. Os agentes visitarão quem pretende ter acesso ao crédito, sendo um diferencial da forma convencional”, salienta.

Conforme Laércio Costa, secretário municipal de Indústria e Comércio, um dos principais objetivos do programa é impulsionar os pequenos negócios, especialmente as facções de fundo de quintal. “Sabemos que Apucarana ainda possui um mercado informal, que gera emprego e renda para muitas famílias. Com essa conjugação de forças, que contará ainda com o apoio do Comitê Gestor Municipal das Micro e Pequenas Empresas, pretendemos dar as condições necessárias para que elas cresçam e entrem na economia formal”, ressalta Costa.

Em Apucarana, o programa será desenvolvido através de uma parceria entre a CEF, Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, Agência do Trabalhador e Autarquia Municipal de Saúde. “Para acessar o programa, os interessados deverão apresentar um documento de identificação com foto, CPF Regular e comprovante de residência”, afirma Lucas Leugi, gerente da Agência do Trabalhador de Apucarana.