Município inicia distribuição de materiais para o kit escolar

A Prefeitura de Apucarana, através da Autarquia Municipal de Educação (AME), investiu R$ 250 mil na aquisição dos itens que irão compor o kit escolar. O material começou a ser repassado nesta semana às escolas e Centros Municipais de Educação Infantis (CMEIs). “É uma preocupação a menos aos pais e uma garantia de que seus filhos terão o kit escolar à disposição no dia 10 de fevereiro, quando inicia o ano letivo”, assinala o prefeito de Apucarana, Beto Preto.

De acordo com ele, serão beneficiados 7.857 alunos matriculados na rede municipal de ensino, dos quais 3.852 são da Educação Infantil, 3.815 da Educação Fundamental e 190 da Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Acabamos com a relação de materiais que existia no passado e o kit será distribuído a todos, indistintamente. Se os pais quiserem complementar a lista, fica a critério de cada família, mas eles podem ter certeza de que o material é suficiente para as necessidades de cada turma”, tranquiliza.

Segundo o professor Fernando José de Freitas, diretor-presidente da AME, a distribuição iniciou com o material necessário para atender o Ensino Fundamental e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “A partir da semana que vem, estaremos repassando os materiais da Educação Infantil e das salas especiais. O material será suficiente para atender a toda a demanda e haverá ainda uma reserva para reposição durante o ano”, completa Freitas.

O diretor-presidente da AME lembra que as aulas começam no dia 10 de fevereiro, mas o retorno dos professores ocorre já no dia 3. “Eles participarão de uma semana pedagógica, com estudos e planejamento para o novo ano letivo. As atividades serão desenvolvidas durante cinco dias, antecedendo a volta às aulas”, esclarece.

RETIRADA - Nesta quinta-feira, Daiani Benigno da Silva e Gisele Sanches, diretora e coordenadora pedagógica, respectivamente, da Escola Municipal Alcides Ramos, procuraram o depósito da AME para retirar o material. Elas levaram 931 cadernos de português, 546 cadernos de matemática, 161 de caligrafia e 161 de desenho, além de 805 lápis preto, 483 borrachas, 322 apontadores, 161 réguas, 161 tesouras, 126 canetas, 161 caixas de lápis de cor e 161 frascos de cola.

Conforme Daiani, a escola tem cerca de 200 alunos e a espera pelo material sempre gera muita expectativa na comunidade escolar. “Nos pais, pelo aspecto financeiro, gerando mais tranquilidade. E, do lado dos alunos, pela ansiedade de começar uma nova etapa. Agora, vamos chegar na escola e montar os kits. O que recebemos é mais do que suficiente para atender os alunos”,  garante Daiani.