E o Oscar para a melhor frase do cinema vai para…

Amy Adams, em “Trapaça”; fala de Clooney, em “Gravidade”, é a segunda

Prêmio de pior frase vai para Bruce Willis em “Red 2 – Aposentados e Ainda Mais Perigosos”, de acordo com pesquisa mundial feita pelo Badoo

Amy Adams pode estar sonhando em ser a vencedora do Oscar® de melhor atriz no próximo domingo, mas na verdade ela já ganhou o primeiro troféu de um novo prémio – a melhor frase do cinema. Ela foi a vencedora em uma votação mundial para escolher as melhores e piores frases nos filmes de Hollywood do ano passado (2013) – realizada em oito países de língua inglesa pelo Badoo, a maior rede social do mundo para conhecer novas pessoas.

E a frase vencedora é… “Você não é nada para mim até que seja tudo”, dita por Adams, como a vigarista Sydney Prosser, a seu amante (Christian Bale) no filme americano “Trapaça”. Na cena, ela desabafa sua frustração por não poder tê-lo completamente porque ele é casado com outra mulher.

O segundo lugar na pesquisa do Badoo vai para George Clooney por uma fala em “Gravidade”, proferida quando a sua colega Sandra Bullock, interpretando um astronauta, olha apavoradamente para ele enquanto luta por sua vida no espaço, e ele responde: “Eu sei que sou devastadoramente atraente. Mas eu preciso que você pare de olhar para mim e me ajude com a corda”.

A terceira é uma frase do filme “Rush – No Limite da Emoção”, onde Daniel Brühl, no papel do piloto Niki Lauda, diz: “A felicidade é o seu maior inimigo. Ela o enfraquece. Coloca dúvidas em sua mente. De repente você tem algo a perder!”.

A fala de Amy Adams em “Trapaça”, observa o escritor David Disalvio, é uma reformulação da distorção de pensamento conhecida em psicologia como “Maneira de pensar tudo-ou-nada”. Como artista hábil em sacar dinheiro das pessoas desesperadas, a personagem de Adams sabe que o desespero energiza o desejo. No entanto, ela não consegue detectar esse comportamento nela mesma.

Por outro lado, a frase de Clooney é apenas mais um pedaço desse clássico ator – uma brincadeira entregue sob uma pressão intensa que faria quebrar homens menos charmosos.
O Badoo também pediu aos usuários para votarem sobre quais seriam as piores frases de filmes do ano.

E a vencedora desse prêmio foi a fala “Marvin, isso aí é uma banana de dinamite em seu bolso?”, dita por Bruce Willis, como Frank, para John Malkovich, como Marvin, na comédia de ação, “Red 2 – Aposentados e Ainda Mais Perigosos”. O fato de que o filme é supostamente uma comédia não parece melhorar a frase.

O segundo lugar foi para Jonathan Pryce como presidente em “G.I. Joe: Retaliação”: “Eles chamam isso de afogamento simulado, mas nunca me canso de ver.”

Em terceiro lugar ficou uma fala de Asa Butterfield, como Ender Wiggin, em “O Jogo do Exterminador”: “No momento em que eu realmente entendo meu inimigo, bem o suficiente para poder derrotá-lo, então, nesse exato momento, eu também o amo ele.”

É claro que as estrelas que proferem as frases não são as mesmas que as escrevem. O roteiro de “Trapaça” foi escrito por Eric Warren Singer e David O. Russell, diretor do filme, e foi também nomeado para o Oscar® de Melhor Roteiro Original.

Claro que o Oscar® em si não inclui prêmios para a Melhor ou Pior Frase em um Filme. Mas talvez seria boa ideia se fosse criada essa premiação, de acordo com o Badoo, uma vez que, muitas vezes, a única coisa que nos lembramos de muitos filmes é uma única fala – talvez até uma que não tenha sido notada da primeira vez que o filme foi visto.

As melhores frases de filmes entram na nossa cultura e linguagem cotidiana: “Eu vou fazer uma oferta que ele não pode recusar” (Marlon Brando em “O Poderoso Chefão”), “Ele está olhando para você, garota” (Humphrey Bogart em “Casablanca”), “Vá em frente, faça meu dia” (Clint Eastwood / Dirty Harry em “Impacto Fulminante”).

Em 2005, o American Film Institute (AFI) pediu a 1.500 especialistas em cinema para escolherem as 100 falas de filmes americanos mais memoráveis de todos os tempos. E a vencedora foi… “Francamente, querida, eu não dou a mínima”, dita por Clark Gable em “E o Vento Levou”.

A lista dos vencedores do AFI sugere pelo menos duas coisas: primeiro, que as melhores falas tendem a ser curtas e que também muitas vezes elas dependem do impacto no contexto e do personagem.

Ela também sugere que, atualmente, os roteiristas não escrevem mais grandes falas de filme como antigamente. Mesmo em 2005, quase todas as melhores falas escolhidas tinham mais de 30 anos de idade.

As melhores frases de filmes: E os vencedores são…

1. “Você não é nada para mim até que seja tudo.”
- Amy Adams como a vigarista Sydney Prosser em “Trapaça”

2. “Eu sei que sou devastadoramente atraente. Mas eu preciso que você pare de olhar para mim e me ajude com a corda.”
- George Clooney como astronauta Matt Kowalski em “Gravidade”

3. “A felicidade é o seu maior inimigo. Ela o enfraquece. Coloca dúvidas em sua mente. De repente você tem algo a perder!”.
- Daniel Brühl como o piloto Niki Lauda em “Rush”.

4. = “Quem é Júlio César? Você sabe que eu não acompanho a NBA!”
- Will Ferrell como apresentador Ron Burgundy em “O Âncora 2″

4. = “Meu nome é Jordan Belfort. O ano em que fiz 26 anos, como o chefe da minha própria corretora, fiz 49 milhões de dólares, o que realmente me irritava porque era menos de um milhão por semana. ”
- Leonardo di Caprio como o financiador Jordan Belfort em “O Lobo de Wall Street”

6. “Com quem é que eu tenho que dormir aqui para ganhar um martini Stoli com uma pitada de limão?”
- Cate Blanchett como a mal vestida socialite Jasmine em “Blue Jasmine”.

As piores frases de filmes: E os vencedores são…

1 . “Marvin , isso aí é uma banana de dinamite no seu bolso? ”
- Bruce Willis como Frank em “Red 2″

2 . “Eles chamam isso de afogamento simulado, mas nunca me canso de ver.”
- Jonathan Pryce como o presidente em “G.l. Joe : Retaliation”

3 . “No momento em que eu realmente entender meu inimigo, entendê-lo bem o suficiente para derrotá-lo, então, nesse exato momento, eu também o amo.”
- Asa Butterfield como Ender Wiggin em “Jogo de Ender”

Notas para os editores:
“Oscar®”, “OSCAR®” e Oscar® são marcas registradas de propriedade do Oscar® da Academia de Artes Cinematográficas e Ciências.

Metodologia:
Foram entrevistados 1.000 usuários do Badoo em fevereiro 2014 em oito países de língua inglesa: EUA, Canadá, Reino Unido, Irlanda, África do Sul, Nigéria, Austrália e Nova Zelândia. Os entrevistados foram convidados a votar em uma lista de frases de filmes de Hollywood em 2013, “indicada” pelo Badoo após extensa investigação.