Como escapar das calorias durante as festas juninas e a Copa do Mundo?

A Unique Fitness dá algumas dicas de como evitar aqueles quilinhos a mais nesta época do ano.
Saber dosar as quantidades e escolher bem os alimentos ajuda a não adquirir calorias extras

Brasília, 18 de junho de 2014 – Chegou a hora das tradicionais festas juninas. No cardápio estão as conhecidas guloseimas: arroz-doce, cachorro-quente, cocada, quentão, entre outras. No mesmo período, acontece o mundial de futebol. Temporada aberta para o consumo de petiscos e bebidas. Como não cair em tentação, evitar os excessos e manter a dieta?

“Todo exagero deve ser evitado. Comer em pequenas porções favorece a manutenção do peso adequado sem nos privar de nenhum alimento”, afirma o gerente da Unidade do Sudoeste, David Patrício. Seguir as regras na hora de comer é importante para evitar as calorias extras. O ideal é não ficar mais do que três horas sem se alimentar. As pessoas devem criar o hábito de ingerir frutas ou pequenos lanches nos intervalos das principais refeições, isso evita que ocorra compulsão alimentar nas festividades.

“Quem quiser comer todos os quitutes oferecidos nas festas juninas ou todos os petiscos durante os jogos terá que dançar muita quadrilha para eliminar as calorias ou pular bastante na hora do futebol”, brinca o gerente. Ele ainda afirma que, quem não resistir às tentações das festas, precisa fazer compensações no dia seguinte, com refeições mais leves e de baixas calorias. “Não precisa passar vontade, mas é importante optar por pequenas porções. Afinal, não sabemos com precisão o valor calórico de cada alimento, devido à variação das composições. Além disso, balancear o excesso de carboidratos com um pouco de proteínas e vegetais também ajuda”, recomenda.

Além das comidas típicas, as festas juninas e o mundial de futebol poderão ser um convite para o consumo de bebidas alcoólicas. “Pode não parecer, mas estas bebidas são muito calóricas. Uma taça de vinho ou de quentão de aproximadamente 200 ml, por exemplo, pode variar entre 300 e 400 calorias. Assim, no dia seguinte da festa, recomenda-se o consumo de água de coco e água mineral para hidratar o corpo, já que os destilados são diuréticos e requerem ingestão de líquidos para serem eliminados do organismo”, diz Patrício.

Outra dica importante é não perder o ritmo de malhação devido às baixas temperaturas e aliar alimentação balanceada com exercícios diários. “Sinalize o seu professor sobre a ingestão de calorias em excesso, pois ele poderá aumentar a intensidade do treino para manter o equilíbrio”, explica o gerente.