Cisvir anuncia início de obras da sede própria

Autoridades políticas de diversas cidades da região prestigiaram nesta sexta-feira (13/06), na Prefeitura de Apucarana, solenidade de assinatura da ordem de serviço para início da construção da sede própria do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir). Além do prefeito de Apucarana e presidente do Cisvir, Beto Preto (PT), assinaram o documento a prefeita de Califórnia Ana Lúcia Mazeto, prefeito de Rio Bom Moisés Andrade, vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), vice-prefeito de São Pedro do Ivaí, José Donizete, presidente da Câmara Municipal de Apucarana, vereador José Airton Deco de Araújo, chefe da 16ª Regional de Saúde, Clara Ilza Lemes de Oliveira, superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Élcio de Lara, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Apucarana, Letícia Bento, diretora administrativa do Cisvir, Joana D’arc, secretário de Saúde de Apucarana, Roberto Kaneta, secretário interino de Obras de Apucarana, Herivelto Moreno e o gerente interino do escritório regional de Londrina da Paraná Edificações, Marlon Eduardo Rodrigues.

Criada em 1996, desde então o centro de especialidades médicas que atende gratuitamente a população e que tem sua sede em Apucarana, funciona em imóveis alugados. O prédio próprio do Cisvir terá área construída de 1.950 metros quadrados e será edificado em área de 11 mil metros quadrados doada pelo Município de Apucarana no Jardim América.

A empreiteira responsável pela obra foi escolhida através de processo licitatório, tendo como vencedora a empresa Ecoracional, de Londrina. Segundo Beto Preto, o investimento será de R$ 2,2 milhões. O Governo Federal participa com R$ 1 milhão e o Governo do Estado, com mais R$ 473 mil. Além de doar a área, o Município de Apucarana irá custear cerca de R$ 700 mil do projeto. “Tenho a certeza de que o Vale do Ivaí como um todo vai sentir muito a melhoria do atendimento no prédio novo, que já foi pensado para ser ampliado. Dentro de um ano finalmente o Cisvir vai ter uma sede digna, preparada para atender seus pacientes”, destacou Beto, enaltecendo o valor das parcerias para a viabilização da obra, em especial a relação de proximidade com a Caixa Econômica Federal.

“Agradeço ao superintendente Élcio de Lara, e ao gerente local, Paulo Vançan. Junto com a prefeitura, a Caixa tem contribuído para que realizemos uma verdadeira revolução social em nossa cidade”, disse o prefeito.

Para o superintendente Regional da Caixa, os frutos da parceria são reflexos “da disponibilidade, disposição, velocidade e maneira com que o prefeito de Apucarana vem enfrentando os problemas da cidade”. “A Caixa, por sua vez, é um banco parceiro que vem contribuindo com projetos de grande importância como é este da sede própria do Cisvir”, disse Élcio de Lara.

Responsável atualmente por uma clientela de 340 mil habitantes de 14 municípios, o Cisvir oferece 51 especialidades e uma média de 16 mil consultas mensais. Nesta etapa do projeto, o consórcio irá ter a seu dispor 20 salas para consultórios oftalmológicos, ginecológicos, urológicos, ultrassom, ambulatórios, eletroencefalograma, eletrocardiograma, sala de recuperação e raio-x, além de sanitários, recepção, fraldário e administração.

O vice-prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, lembrou o processo que marcou a alteração de local e destacou as características modernistas da obra. “Assim como nós, o Ministério Público não via com bons olhos o primeiro local, que era nas proximidades do Parque Jaboti área com muitas nascentes. Agradecemos a todos os prefeitos participantes do consórcio pela confiança na mudança do projeto e hoje vivemos um momento histórico, com a autorização da construção de uma sede moderna, em local adequado e com possibilidade de ser ampliada. Quem sabe, em um futuro próximo tenhamos um hospital nesta região”, assinalou Júnior, frisando ainda a abertura dos governos Estadual e Federal para a viabilização do projeto. “Com isto Apucarana mais uma vez cumpre com o seu papel de cidade-polo, que é o de ser grande motivador e indutor de desenvolvimento”, concluiu.