Associação de Engenheiros de Apucarana participa da revisão do plano diretor do município

A Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Apucarana (AEAA) entrou na discussão que vai revisar o plano diretor de Apucarana. Diretores e associados da entidade de classe participaram nesta semana, na sede da regional do CREA na cidade, de uma reunião técnica promovida pela prefeitura sobre o assunto. O evento reuniu engenheiros, arquitetos, imobiliaristas e técnicos que trabalham com edificações.

Após o diretor presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan) e vice-prefeito, Júnior da Femac, expor as mudanças propostas pela administração municipal, o espaço foi aberto para debate e sugestões. “Faremos reuniões para analisar tudo que foi apresentado neste encontro e dar sugestões. Vamos participar ativamente deste processo e trabalhar como parceiros da prefeitura”, afirma o presidente da AEAA, Alcides Vicente Júnior.

Formulado em 2003, o plano diretor de Apucarana passou por uma revisão técnica em 2008, a qual deve ser feita a cada 5 anos, conforme estabelece o Estatuto das Cidades. “Cumprindo este prazo, vamos passar por esse processo novamente. Em 2013 já foram feitas duas reuniões técnicas com a equipe interna da prefeitura, envolvendo profissionais das secretárias de Obras, do Meio Ambiente, e do Idepplan”, informa Júnior da Femac.

Como resultado de deliberações tomadas na etapa municipal da Conferência das Cidades, realizada no ano passado, duas idéias foram apresentadas pela prefeitura. Uma delas diz respeito à verticalização, ou seja, a construção de prédios em regiões onde hoje não é permitido. O objetivo é aproveitar melhor a estrutura urbana já existente na cidade.

Outra proposta é a ampliação do perímetro urbano, visando habilitar novas áreas para receber recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades. Concluído o estudo técnico, a revisão no Plano Diretor será aberta para discussão em audiência pública, prevista para fevereiro.