Após 20 anos Buritis deve resolver problema de água tratada

O prefeito de Buritis, Antônio Correa de Lima (PMDB), esteve na capital na última segunda-feira (20), em visita ao Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO) Valdivino Crispim. O motivo da visita é a liberação de uma concessão de serviço de água tratada para o Município, que está suspensa desde 2012. Com R$ 60 milhões alocados na Caixa Econômica Federal, através de convênio com o Ministério das Cidades, a Prefeitura de Buritis não conseguia realizar a licitação e contratação de empresa para obra de tratamento e distribuição de água potável no município, uma decisão monocrática 195/2012, determinou a suspensão do Edital.

O conselheiro Valdivino Crispim assegurou ao prefeito que, a situação foi analisada, e é bem diferente de outros municípios, que não estão permitidos a fazerem concessão de tratamento de água. “O que acontece em muitos municípios de Rondônia é que existe uma companhia que presta o serviço de água tratada á décadas, isso acarreta em mais problemas para a implantação de um novo sistema, mas em Buritis é totalmente diferente, lá não tem uma companhia que faz esse serviço e isso possibilitará que, uma licitação seja feita e assim a população receba água em suas residências, o mais breve possível”. Disse o conselheiro daquela Corte.

O prefeito comemorou e agradeceu a atenção do Conselheiro e agradeceu as cobranças que os vereadores fizeram na tribuna da Câmara, exigindo o que é de direito da população, isso fortaleceu a visão dos conselheiros, de que a população de Buritis precisa de água tratada com urgência, isso irá diminuir uma série de problemas, a população terá mais segurança na água que consome e consequentemente, o município de Buritis irá sanar mais um problema deixado por ex-prefeitos, que é a falta de água potável. A notícia foi dada vereadores, pelo chefe do Executivo, Antônio Correa de Lima (PMDB), de que em breve será licitado o serviço de água potável, de acordo com o prefeito, o conselheiro do Tribunal de Contas, Valdivino Crispim analisou a situação em que está o município e que a implantação desse serviço é a melhor solução.

Para os vereadores Júlio Cezar Frasson de Lara, Raimundo da Conceição, ambos do PTB e o presidente da Casa Reinaldo Silvestre (PSD), que recentemente estiveram no Tribunal de Contas do Estado, essa é uma vitória que todos poderão comemorar. De acordo com o Vereador e vice-presidente da Casa Júlio Frasson de Lara, isso tira um grande peso das costas do prefeito. “Todos cobravam do perfeito e dos vereadores essa água potável, mas agora com essa visão do conselheiro do tribunal de contas, sabemos que, o problema que herdamos de outros administradores será resolvido em breve e que a população deixará de sofrer com essa problemática.” Lembrou o vereador.

O prefeito Toninho Correa disse que, em até 60 dias será feita a licitação para o serviço de água tratada no município. “Esse é um grande passo que Buritis está dando, pois a população não pode perecer por falta disso que é vital para todos, seja em rede pública, em comércio ou em residências, todos em breve terão água tratada, de uma forma que sempre se sonhou em nosso município.” concluiu o prefeito.