Ano letivo começa com entrega de kit de materiais e uniforme escolar

O ano letivo nas escolas municipais iniciou nesta segunda-feira (10/02) e está sendo marcado por investimentos feitos no setor pela atual administração. Cada aluno iniciou as aulas de 2014 já com o com o kit escolar e, nesta semana, também receberá o uniforme escolar. Ao todo, o Município investiu mais de R$ 1 milhão na aquisição destes materiais. A abertura simbólica do ano letivo ocorreu na Escola Municipal Édson Giacomini, localizada no Núcleo Habitacional Afonso Camargo, e contou com a presença do prefeito Beto Preto e da diretora-presidente da Autarquia Municipal de Ensino (AME), Marli Regina Fernandes da Silva.

De acordo com Beto Preto, a AME investiu R$ 260 mil na aquisição do kit de materiais, que foi repassado a todos os cerca de 10 mil alunos matriculadas na rede municipal de ensino, abrangendo as escolas, os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Acabamos com a lista de materiais que existia no passado e distribuímos a todos, indistintamente, os materiais básicos, como cadernos, lápis, borrachas, apontadores, réguas, tesouras, canetas, frascos de cola e caixas de lápis de cor”, cita.

O prefeito lembra ainda que neste ano haverá uma outra novidade e que faz parte do plano de governo apresentado à população. “Vamos distribuir também o uniforme escolar para os estudantes a partir do 1º ano do Ensino Fundamental. Os lotes com os materiais já começaram a ser repassados para as escolas, que irão agora checar se as quantidades e os tamanhos estão de acordo com as necessidades de cada unidade de ensino”, explica, salientando que o Município investiu R$ 760 mil na compra dos uniformes.

A diretora-presidente da AME informa que  professores já estão desenvolvendo atividades desde o dia 3, quando iniciaram a semana pedagógica. Marli está percorrendo as escolas para verificar se as aulas estão transcorrendo normalmente ou se houve algum contratempo. “Nos próximos dias, iremos visitar todas as 36 escolas da rede. Estaremos checando vários aspectos, desde o transporte dos estudantes até a questão de matrículas, para ver se tudo está dentro de uma normalidade”, assinala, informando ainda que também está acompanhando as atividades nos CMEIs, que iniciaram há cerca de 15 dias.