21º Salão do Imóvel e Construfair-SC

Evento mantém sua atratividade e reúne empresas de todo o país
Palestras ajudam a qualificar o processo construtivo atualizando sobre novas tecnologias e normatização do setorA qualificação do macrossetor da construção civil e a oferta de produtos e serviços ao mercado são as duas características mais marcantes do 21º Salão do Imóvel e Construfair-SC, que será realizado entre os dias 13 e 17 de agosto, no CentroSul, em Florianópolis.  De acordo com os organizadores do evento, este ano deverá ser mantida a mesma média de público, negócios concretizados, negócios prospectados e de expositores em relação aos anos anteriores.

Nas seis últimas edições do evento, foi registrada a média de 36 mil visitantes/ano, vindos de 167 cidades, 17 Estados e sete países. Foram visitados, a cada edição, cerca de 150 expositores, representando mais de 400 marcas. E os resultados comerciais também foram alentadores: cerca de R$ 500 milhões em negócios realizados e aproximadamente R$ 2 bilhões em negócios prospectados.

Para o Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon) os números obtidos anteriormente são muito bons e espelham a realidade do mercado imobiliário da Grande Florianópolis, que sempre apresenta índices de crescimento acima da grande maioria das cidades brasileiras.

O sucesso do evento se deve aos critérios de sua elaboração. Ao unir todo o macrossetor da construção civil em um só local, cria soluções completas para o público consumidor que, além de procurar financiamento para habitações e escritórios, pode mobiliá-los com o que há de mais moderno e tecnológico no mercado.

Exatamente por isso, consegue atrair expositores de todo país, como a Fermaq (Curitiba-PR), especializada em máquinas e equipamentos; a TecDream (Portugal, com escritório em São Paulo-SP), empresa de materiais e equipamentos para construção; a Tupã (Pelotas-RS), especializada em portas seccionadas; a Fell (Teotônia-RS), acessórios de madeira; a Liquigás (São Paulo-SP); a construtora Parque Vila Verde (Curitiba-PR) e várias outras empresas que atuam em âmbito estadual e nacional, como a Cyrela, a MRV e a Lumis.

Do interior de Santa Catarina, estão presentes no 21º Salão do Imóvel e Construfair-SC a Elevadores Top Box, de Rio do Sul; a Weiku, janelas e portas de PVC, de Pomerode; a Panters, telhas translúcidas, de Criciúma e a PS do Brasil, portas de aço, de Maravilha, entre outras.

Palestras qualificam diversos profissionais

Enquanto o público visita os estandes dos expositores, em paralelo, no auditório do CentroSul, são realizadas palestras que visam aperfeiçoar o processo construtivo das empresas, seja qualificando mão de obra, seja atualizando os profissionais do setor sobre diversas novidades tecnológicas (softwares, matéria-prima ou produtos) ou ainda informando sobre novas normas e regulamentações que incidem diretamente no trabalho das construtoras.

Em cinco dias serão realizadas mais de 20 palestras abrangendo diversos temas, entre eles, a sustentabilidade na construção civil.  As palestras são gratuitas e já têm inscrições abertas no site http://www.construfairsc.com.br/florianopolis/

A palestra “Sistemas de Proteção para Trabalhos em Altura na Construção Civil” vem chamando bastante atenção. Os palestrantes irão abordar principalmente a maneira como os responsáveis pela segurança do trabalho das empresas devem orientar seus colaboradores na hora de instalar e desmontar os sistemas de proteção previstos na NR-18 e na NR-35.

Outro destaque será a palestra “Tecnologia da Informação como aliada na gestão da construção”, que abordará temas como gestão do projeto com mobilidade; gestão por processos (BPM) e gestão de documentos (GED); gerenciamento do valor agregado; BIG DATA – gestão estratégica; gestão do processo de contratação de terceiros em função da necessidade dos projetos e análise de viabilidade.

“Patologia em estaca hélice contínua”, é outra palestra que atrai o públio, já que vai abordar as matérias-primas que envolvem o estaqueamento, bem como, a qualificação da mão de obra utilizada no trabalho e a boa execução da estaca para se obter um produto final de boa qualidade.

Já a palestra “Plano Diretor e as Novas Frentes de Investimento em Florianópolis”, além de abordar o novo Plano Diretor da capital catarinense, faz uma síntese da evolução urbana do município, focando as áreas potenciais para os investimentos da construção civil.

Outros temas a serem apresentados são: “Argamassa projetada: sistema de revestimento racionalizado”; “O futuro da comunicação”; “Gestão de Pessoas x Resultados”; “Eficiência Energética em Edificações – Contribuições do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP)”; “O uso do Building Information Modeling – BIM em projetos”; “Licenciamento ambiental urbano e o novo plano diretor de Florianópolis”; “Visão Geral da Norma de Desempenho NBR 15.575”; “Atitude ou nada”, e muito mais.

No último dia do 21º Salão do Imóvel e Construfair-SC, será promovido o “Domingo da Sustentabilidade”, com a palestra inicial “Licenciamento ambiental urbano e o novo plano diretor de Florianópolis.” e, em seguida, um seminário que discutirá a sustentabilidade na construção civil abordando temas como “Atitudes sustentáveis”; “PGRS: plano de gerenciamento de residuos sólidos”; “Manual de Resíduos Sólidos”; “Eco Telhado”; “Wood Frame”; “Steel Frame”; “Energia Eólica – Eolicom”, entre outros.
SERVIÇO
Data: 13 a 17 de agosto de 2014
Horário de Funcionamento: Dias 13 e 15/08 – das 15h às 22h
Dias 16 e 17/08 – das 10h às 20h
Local: CentroSul – Entrada gratuita!