Prefeitura antecipa salário dos servidores em Apucarana

A remuneração deste mês dos 2.835 funcionários municipais de Apucarana vai estar disponível para saque três dias mais cedo do que o habitual. A antecipação do depósito, com recursos que totalizam R$6 milhões disponíveis aos trabalhadores já nesta segunda-feira (28/10), foi uma determinação do prefeito Beto Preto (PT) às equipes das secretarias da Fazenda e de Gestão Pública da Prefeitura de Apucarana e tem como propósito maior brindar o Dia do Funcionário Público Municipal, celebrado na data.

“Além do tradicional ponto facultativo, esta medida foi uma forma que a atual administração encontrou para marcar ainda mais o dia, abraçando de forma carinhosa a todos os servidores que durante todo este ano têm lutado bastante ao nosso lado e, apesar das dificuldades herdadas, permanecem firmes na trincheira do trabalho. Com isto também reafirmamos mais uma vez o respeito que temos por toda a categoria, afinal, são os servidores que executam e mantém as políticas públicas junto aos cidadãos”, pontuou o prefeito.

São atendidos com a medida de antecipação salarial tanto os servidores municipais da administração direta, quanto das indiretas (autarquias, fundação e instituto). De acordo com o secretário da Fazenda, Marcello Augusto Machado, em parceria com a Secretaria de Gestão Pública, do secretário Nikolai Cernescu Júnior, outras antecipações de pagamento também estão em estudo. “Planejamos também disponibilizar o quanto antes for possível, o pagamento da segunda parcela do 13º salário, cerca de R$2,3 milhões, cuja metade foi paga já em julho, e ainda a remuneração dos servidores referente ao mês de dezembro, onde pretendemos, com tudo correndo dentro do planejado, disponibilizá-lo antes das festividades de Natal”, explicou Machado.

Em tempo de confraternizações familiares, o secretário de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior, frisa que além de beneficiar aos servidores, o comércio local também ganha com as medidas adotadas pela administração municipal. “Com antecipação, são mais recursos circulando na economia”, conclui o gestor público.