Guarda Municipal forma novos patrulheiros mirins

Mais 545 estudantes da rede municipal de ensino foram formados através do Grupo Patrulha Escolar Mirim, uma iniciativa da Guarda Municipal de Apucarana. A formatura, envolvendo 10 escolas municipais, ocorreu nesta segunda-feira (25/11), no Cine Teatro Fênix. Na oportunidade, também foi divulgado o resultado do concurso de redação e feita a entrega simbólica dos certificados aos participantes.

Além de alunos, educadores e pais, estiveram presentes na cerimônia o professor Fernando José de Freitas, diretor-presidente da Autarquia Municipal de Educação (AME), Paulo Kisner, secretário da Juventude, Ataíde Pantaleão da Silva, comandante da Guarda Municipal, Fábio de Souza, guarda municipal e coordenador  da Patrulha Escolar Municipal. O evento também contou com a presença da Banda Municipal e de representantes de órgãos parceiros na iniciativa, como SAMU, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar Ambiental Força Verde. O momento religioso e de louvor foi conduzido pelo GM de Andrade.

Essa foi a segunda formatura do ano, abrangendo alunos de quintas séries do Ensino Fundamental. Os conteúdos, ministrados desde julho, envolveram educação para o trânsito, ordem unida, hierarquia e disciplina, convivência entre colegas de escola, bullying, prevenção de conflitos e pequenos delitos, segurança e combate às drogas, primeiros socorros, crime ambiental e Defesa Civil.

A partir dos conteúdos repassados, os alunos participaram de um concurso de redação com o tema “Patrulha Escolar Mirim e que teve como vencedora a aluna Ludimila Alves de Oliveira, da Escola Municipal José Brazil Camargo, e como destaques Isabela Dolci Soares de Lima, da Escola Municipal Augusto Weiand,  Maísa de Araújo da Silva, da Escola Municipal Osvaldo Santos Lima, e Mateus Henrique Salustiano, da Escola Municipal  Edson Giacomini.

O comandante da Guarda Municipal destacou o empenho e a dedicação do efetivo, especialmente do GM Fábio, no desenvolvimento do programa. “A Patrulha Escolar Municipal já formou cerca de 3.500 alunos e atendeu cerca de 6.000 ocorrências. É uma iniciativa que leva aos pais, alunos e professores segurança e informações. Essas noções que os estudantes recebem eles jamais esquecerão e isso ajudará a direcioná-los no caminho da vida”, ressalta Pantaleão.

Já o diretor-presidente da AME destacou que os formandos serão multiplicadores, repassando o que aprenderam dentro de casa e também para outras pessoas. “É um trabalho que vai trazer resultados no futuro. Os alunos aprenderam grandes lições, que serão muito importantes em outras etapas da vida. E que eles também possam repassar tudo isso ao próximo, atuando como multiplicadores”, frisa.

A Escola Municipal Antonieta Lautenschlager, localizada no Jardim Presidente Kenedy, é uma das 10 unidades de ensino que participaram do projeto. Ao todo, 45 estudantes da escola estiveram envolvidos nas atividades. “As aulas ocorreram uma vez por semana, sendo teóricas, práticas e expositivas. Houve palestra do SAMU, caminhada ecológica e blitz educativa, entre outras atividades. Os alunos aprenderam regras básicas de convivência dentro e fora da escola, entre as quais o respeito às leis de trânsito e a necessidade de preservar o meio ambiente”, conta Simone Galan Cara, coordenadora pedagógica da “Antonieta Lautenschlager”.