Concurso encerra atividades de 2013 da Escola no Campo

Cinco escolas municipais participaram no 2º semestre deste ano do Projeto Escola no Campo, desenvolvido em parceria pela Autarquia Municipal de Educação (AME),  Cooperativa Agropecuária e Industrial (Cocari) e a multinacional Syngenta.  No final do projeto, os cerca de 250 alunos envolvidos nas atividades participaram de um concurso de desenhos e frases. Os 16 vencedores (8 meninos e 8 meninas) foram conhecidos nesta terça-feira (10/12), quando ocorreu a divulgação do resultado e a entrega de brindes, no salão nobre da Prefeitura de Apucarana. Os meninos receberam uma bola e as meninas um kit maquiagem, enquanto os professores um kit perfumaria.

De acordo com Eliane Felício de Souza Tonin, coordenadora de projetos pedagógicos da AME, na metade do ano cada aluno recebeu uma revista ilustrada com 80 páginas, que foi fornecida pela multinacional Syngenta. Os estudantes desenvolveram temas como água, poluição e aquecimento global, energia, solo, lixo e reciclagem, ecossistema e biodiversidade, alimentação, agricultura, transgênicos e biotecnologia. “No final eles fizeram frases e desenhos que tiveram como tema o meio ambiente”, observa.

O projeto atingiu alunos de 5ª séries das escolas municipais José de Alencar (Vila Reis), Padre Antônio Vieira (Correia de Freitas), Wilson de Azevedo (Caixa de São Pedro), Vereador José Ramos de Oliveira (Pirapó) e Professora Marta Pereira (Jardim Menegazzo). “Os alunos receberam uma apostila e o conteúdo foi desenvolvido pelos professores em sala de aula.  O último capítulo da apostila, que tratou do uso correto de agrotóxicos e Equipamentos de Proteção Individual (EPI), contou com a presença nas escolas de engenheiros agrônomos das empresas parceiras”, conta o agrônomo Paulo Henrique Corrêa, responsável pelo projeto na região de Apucarana.