Atleta de 14 anos de Ji-Paraná é vice-campeão no Brasileiro de karate em Fortaleza

Mais uma vez Rondônia se orgulha com os atletas que vem formando, o atleta Calebe Kaike de Ji-Paraná, disputou em Fortaleza o Campeonato Brasileiro de Karate Interestilos “CBKI 2013”. Na categoria verde e preta de 13 a 14 anos, o campeonato aconteceu em Fortaleza no Ceará, esta é a segunda vez que Kaike participa de um campeonato na mesma categoria, na outra oportunidade Calebe ficou em 5º lugar, também disputado em Fortaleza.

Kaike concedeu entrevista ao programa “Edvaldo Soares”, que vai ao ar aos domingos pela TV Bandeirantes em Ji-Paraná e é apresentado pelo deputado Estadual Edvaldo Soares (PMDB). O jovem contou ao deputado e apresentador que, o sonho que muitos jovens de Rondônia almejam ele conseguiu, que é sair do estado para mostrar ao Brasil o que Rondônia tem a oferecer. O Deputado Edvaldo Soares disse ao Karateca que sempre é possível ajudar jovens que tem um objetivo. “Penso que seja a grande falha das autoridades em não apoiar alguns atletas, até porque, eles vão representar e levar o nome do nosso Estado para que todo o Brasil veja, Rondônia precisa ser bem mais vista lá fora”. Lembrou o deputado.

De acordo com o pai do atleta o Sr. Hélio, a grande dificuldade que o filho tem enfrentado é a falta de patrocinadores, para que possa participar de mais campeonatos, que geralmente acontecem em outros Estados. “Ele precisa das passagens e do dinheiro para se manter, se não fosse a ajuda do deputado Edvaldo Soares, ter se mobilizado para que essas passagens fossem liberadas, o meu filho tinha perdido a oportunidade em participar desse importante campeonato”. Frisou o pai do atleta. Na oportunidade Hélio agradeceu ao apoio que tiveram da “Ki-Pão”, “Pemaza”, “Dr. Emílo Dorda” e do deputado “Edvaldo Soares”. Agradece o Pai do atleta.

O deputado Edvaldo Soares disse que entendendo essas necessidades que os esportista de Ji-Paraná passam, ele colocou no orçamento 2014, uma emenda de R$100 mil Reais (R$100.000.00), para que eventual necessidades como essa que o atleta precisou de uma passagem aérea, ter a quem e como recorrer.