Apucarana formaliza compra de área industrial

Área de 23 alqueires poderá abrigar até

200 novas empresas na região sul

 O prefeito Beto Preto, seu vice Junior da Femac e o secretário de Indústria e Comércio, Laércio Beani da Costa, assinaram ontem escritura pública de compra e venda, com os senhores Laerte Campagnoli e Paulo Cézar Campagnoli, proprietários da Fazenda da Juruba, na região Sul da cidade, junto à BR-376.

Uma área de 23 alqueires está sendo adquirida pelo Município, para criar toda a infra-estrutura da “Cidade Industrial da Juruba”. O projeto, que está sendo finalizado, prevê duzentos lotes para receber empresas de pequeno, médio e grande porte.

“Vamos dispor de 556 mil metros quadrados e já temos dezenas de empresários interessados em investir nesta nova área industrial de Apucarana”, anunciou o prefeito Beto Preto, reiterando seu compromisso de retomar o desenvolvimento econômico de Apucarana.

No mesmo ato, realizado numa sala do Cartório de Registro de Imóveis Iedo Marques, também foi assinado contrato de compra e venda de mais 30 alqueires da Fazenda Juruba. O lote está sendo adquirido pela Construtora Cantareira, de Maringá, que irá construir no local o Residencial Fariz Gebrim, com 911 unidades do Programa Minha Casa Minha Vida.

Segundo o diretor da Cantareira, Leandro Arruda, o investimento será de R$ 55,6 milhões, com previsão de início da obra no mês de abril de 2014 e entrega com prazo de 18 meses. “O conjunto habitacional é direcionado à faixa 1, para famílias com renda de até três salários mínimos, e no pico da obra iremos gerar cerca de 400 empregos diretos”, informou Arruda.