Apucarana dobra número de próteses dentárias entregues

O Departamento Municipal de Odontologia dobrou o número de próteses produzidas e entregues a pacientes atendidos pelo sistema público de saúde. A média mensal passou de cerca de 60, registrada na gestão anterior, para 130 próteses na atual administração. Esses números deverão aumentar ainda mais – em  até 50% – a partir do ano que vem, pois já está em fase de licitação a aquisição de novos materiais e equipamentos para o Laboratório Municipal de Próteses Dentárias.

Nesta quinta-feira (14/11), mais 30 apucaranenses tiveram  a oportunidade de renovar gratuitamente  o seu sorriso. O prefeito Beto Preto esteve no prédio da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) e acompanhou alguns procedimentos, como os de Lurdes Maria Lisboa, moradora do Jardim Colonial, e de Pedro dos Santos, morador do Núcleo Habitacional Adriano Correia. Os dois pacientes, que foram encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde, trocaram as velhas próteses dentárias.

“É um programa desenvolvido com recursos conveniados junto ao Governo Federal e que tem grande alcance social. Além disso, mexe com a auto-estima dos pacientes, que tem a oportunidade de promover uma transformação, renovando seu sorriso”, afirma Beto Preto.

O prefeito destaca que até setembro a atual administração entregou 736 peças e conquistou  R$110 mil em recursos do Governo Federal, enquanto na gestão anterior o valor captado em todo o ano foi de apenas R$ 75 mil.  “Além desta nova remessa, projetamos beneficiar pelo menos mais 400 pessoas até o final de dezembro e fechar o ano com a conquista de cerca de R$170 mil”, frisa.

De acordo com Luis Carlos Caramori, diretor do Departamento de Odontologia da AMS, são colocadas próteses unitárias, duplas, parciais ou totais. “A maior parte da procura, em torno de 70%, é pela substituição das próteses antigas, que estão com algum defeito, quebradas ou gastas”, esclarece.

Caramori afirma que a primeira avaliação é feita na Unidade Básica de Saúde e, havendo necessidade, o paciente é encaminhado para o dentista responsável pelas próteses na Autarquia Municipal de Saúde. “O paciente então passa por uma nova avaliação e se for necessário um outro procedimento, como um implante por exemplo, ele será encaminhado para o Cisvir (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região)”, explica.

ESTRUTURA - Caramori destaca que a rede municipal de odontologia está muito bem servida em Apucarana e que o número médio de atendimentos mensais é de 10 mil pacientes. “Temos em nosso quadro 38 dentistas, 40 técnicos e auxiliares em saúde bucal que atuam distribuídos em 25 unidades básicas de saúde (preventivo) e também no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que atua em casos mais complexos como tratamento de canal, cirurgias, radiologias, entre outros procedimentos”, detalha o diretor.
Outras informações sobre o atendimento odontológico oferecido pela Autarquia Municipal de Saúde podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, pelo telefone 3422-5888.