Agentes de Saúde vão divulgar microcrédito em Apucarana

Os agentes comunitários de saúde (ACS) da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) da Prefeitura de Apucarana participam de um projeto piloto realizado pelo Governo Federal através da Caixa Econômica Federal (CEF). Além do trabalho de rotina inerente à função junto ao setor de saúde pública, a partir desta semana os profissionais assumem mais uma incumbência como mobilizadores sociais e irão levar informações à população sobre o Crescer – Programa Nacional de Microcrédito, que tem como público alvo empreendedores, formais ou informais, com faturamento anual até R$120 mil.

No município, a ação piloto é vinculada à Agência do Trabalhador e Caixa Econômica Federal. Segundo o gerente da Agência do Trabalhador, Lucas Ortiz Leugi, cerca de 150 agentes comunitários de saúde receberam capacitação por parte da CEF nesta segunda-feira, em um encontro realizado no Polo Presencial da UAB de Apucarana. “Esta é uma iniciativa inédita em todo o Brasil e Apucarana pelo seu destacado trabalho foi escolhida. Como agentes de crédito e conhecedores da realidade das nossas comunidades, os ACS vão levar informações valiosas a quem precisa e hoje desconhece os caminhos para conquistar ajuda para fortalecer e expandir seu micro ou pequeno negócio”, destaca Leugi.

Os resultados do programa piloto são esperados com grande expectativa. “Esta iniciativa visa contemplar, por exemplo, aquela pessoa que fabrica pão em sua casa e que precisa comprar um forno profissional ou maior para aumentar sua produção e faturamento, ou aquela pequena facção que precisa trocar a máquina antiga por uma nova”, explica o gerente da Agência do Trabalhador.

O anúncio de que os ACS iriam participar deste projeto já havia sido feito pelo prefeito Beto Preto (PT) em julho deste ano quando cumpriu com a categoria mais um compromisso firmado durante a campanha eleitoral, sancionando a lei municipal que garantiu a implantação de um abono salarial de R$254,78 para os agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combate a endemias (ACE). No total, foram beneficiados 240 profissionais. “Como mobilizadores sociais, os agentes vão ser capacitados ainda para atuar de forma conjunta em outras ações com as áreas de assistência social e de educação”, destaca Beto. Ele lembra que o programa que prevê a atuação dos agentes em Apucarana foi criado por ele em 1998, quando era secretário municipal de Saúde. “Em dezembro de 1999 fomos o primeiro município brasileiro com mais de 100 mil habitantes a ter cobertura domiciliar de mais de 70% das residências por parte dos agentes de saúde, que originam dos chamados médicos pés descalços da China, lá das décadas de 60 e 70”, recordou o prefeito. “O trabalho dedicado de todos já mudou a cara da vacinação em nossa cidade neste ano nas campanhas contra a pólio, a influenza. Sou conhecedor da capacidade de mobilização social de todos os profissionais que temos e certamente este projeto piloto vai ser um sucesso e servirá de modelo para todo o Brasil”, pontuou Beto.

Crescer – Direcionado a empreendedores formais ou informais com faturamento anual de até R$ 120 mil, o Crescer – Programa Nacional de Microcrédito da Caixa Econômica Federal (CEF) oferece empréstimos de R$300 a R$4 mil a juros de 0,40% ao mês e prazos de quatro a 18 meses para pagamento. Como documentos, são solicitados identificação com foto, CPF Regular e comprovante de residência. Mais informações podem ser obtidas com qualquer Agente Comunitário de Saúde de Apucarana, com a Agência do Trabalhador ou ainda diretamente na agência da CEF.