Adelino Follador alerta para número elevado de policiais militares indo para a reserva

O deputado estadual Adelino Follador (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para relatar que muitos policiais militares e bombeiros militares, estão entrando na reserva, com a perspectiva da transposição aos quadros federais.

“Isso já era esperado, muitos aguardavam a transposição se concretizar para ir para a reserva. É preciso fazer concurso de forma urgente, pois para formar e colocar um policial nas ruas precisa de pelo menos um ano de treinamento”, destacou.

Segundo Follador, “se hoje já não temos um contingente policial suficiente, com a saída dos policiais, vamos ter um verdadeiro colapso na segurança pública e isso precisa ser enfrentado desde já”.

O parlamentar defendeu ainda que quando for realizado um concurso, que as vagas sejam específicas para cada município, sem a possibilidade de mudança. “Hoje, muitos fazem concurso para Machadinho do Oeste, por exemplo, mas depois se mudam para outra cidade, deixando a cidade desguarnecida. Por outro lado, muitos moram em uma cidade e fazem concurso em outro local, onde não conhecem o cotidiano”, relatou.

Adelino reconheceu que “o comando da Polícia Militar e os policiais tem trabalhado, se empenhado muito, mesmo com as dificuldades, a exemplo da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros. É bom que isso fique registrado”. Ele aproveitou para anunciar que a Força Nacional, junto com as Polícias Civil e Militar, vão aumentar o policiamento na região do Vale do Jamari, especialmente em Cujubim, onde a população está atemorizada.