Ação Social encerra ano com posse de novos Conselheiros Tutelares

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Apucarana (CMDCA) aproveitou a festa de confraternização organizada pela Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Apucarana, que aconteceu nesta sexta-feira (23/12) no Clube dos Ucranianos, para dar posse aos cinco conselheiros titulares do Conselho Tutelar, eleitos por voto da população em pleito realizado neste último domingo no Polo Presencial Apucarana da UAB. A condução oficial dos eleitos à função foi feita pelo prefeito Beto Preto (PT). “Foi um processo eleitoral transparente e democrático. Parabéns pelo resultado que obtiveram nas urnas, desejo que façam um mandato exemplar. Para fazer valer os direitos das crianças e dos adolescentes podem contar com a parceria da prefeitura”, disse o prefeito.

Ele aproveitou o momento para fazer agradecimentos e um breve relato das conquistas do ano e metas para 2014 na área da assistência social. “Nosso compromisso de gestão é atender aqueles que mais precisam. Este primeiro ano foi de grandes dificuldades, mas a partir de agora vamos acelerar a velocidade das ações. Na área da Ação Social temos grandes projetos, em especial na habitação. Vamos em 2014 realizar concurso público para reforçar nosso time de profissionais e destinar mais recursos para a avançarmos em infraestrutura”, disse Beto.

No total, 757 eleitores compareceram às urnas para eleger os novos conselheiros tutelares, sendo o mais votado Jean Chemoune Rech, com 218 votos. Aclamado pelos demais conselheiros como presidente para a gestão 2013/2014, o jovem conselheiro é recém formado em Serviço Social e já atuou com adolescentes em entidades sócias como C.A.S.A e Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social. Recém formado, teve como TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) projeto na área da criança e do Adolescente. Para a função de vice-presidente assumiu Alexandre Machado da Silva, servidor público municipal/Assistência Social, que tem como experiência com adolescentes em entidades sociais como C.A.S.A e Recanto da Criança Allan Kardec. O secretário aclamado foi Fernando de Azevedo Vieira, administrador de empresas com experiência com crianças e adolescentes adquirida em escola de ensino infantil. Outras duas mulheres completam o quadro de conselheiros titulares, as assistentes sociais Joile Cristina Simionato Mallmann e Amanda Albrecht de Jesus.

Com um curso de formação agendado para o mês de janeiro, as atividades da nova formação do Conselho Tutelar de Apucarana já iniciaram. “Estamos dando andamento aos casos já atendidos pelos conselheiros da outra gestão, bem como definindo as primeiras escalas do plantão. Todos aqui estão bastante motivados e queremos fazer uma gestão diferente, democrática, zelando pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente respaldados pelo ECA”, observou o presidente Jean Chemoune Rech. De acordo com ele, a sua gestão à frente da presidência vai buscar o trabalho em rede. “Objetivamos articular ações com todas as demais instituições de atenção à criança e ao adolescente de Apucarana. Ora visitando, ora chamando estas entidades para mostrar o que estamos fazendo”, revelou o novo presidente do Conselho Tutelar de Apucarana.

Presentes no evento de confraternização e posse, o presidente do CMDCA, Caio Augusto Pezarini Salinet, e a secretária Municipal da Assistência Social, desejaram sucesso a nova composição. “Já me inteirei de alguns projetos que serão desenvolvidos e tenho certeza de que as ações do Conselho Tutelar vão avançar muito”, revelou Salinet. Segundo ele, em reuniões mensais, serão apresentadas estatísticas, bem como debatidas metas e resultados. Já a secretária destacou o sentimento de proximidade com a instituição. “O Conselho Tutelar faz parte desta secretaria e daqui para frente não será diferente. Cada um de nós tem um papel a ser desempenhado e é com as mãos unidas que o trabalho se torna positivo”, concluiu Márcia.

Após duas fases classificatórias, documental e prova seletiva, habilitaram-se para eleição pelo voto sete candidatos. Com a posse dos cinco candidatos mais bem votados como conselheiros titulares, ficaram na suplência do Conselho Tutelar, Luiz Carlos Pereira e Fabiana Vieira da Silva. Com a missão de fazer cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cada conselheiro tutelar deverá atuar no regime de 40 horas semanais, mais plantões, com vencimentos correspondentes a R$2.250,00.