LICITAÇÃO DEFINE EMPRESA para varrição de ruas em Apucarana

A partir da segunda quinzena de janeiro, a varrição manual das vias centrais de Apucarana vai estar a cargo da Costa Oeste Serviços de Limpeza Ltda., de Medianeira (PR). Com a proposta de R$1.078.740,00, a empresa especializada venceu nesta sexta-feira (20/12) o certame aberto pela Secretaria de Obras na modalidade concorrência pública. O prazo do contrato, que deve ser formalizado depois de pareceres da Procuradoria Jurídica (Secretaria de Governo) e da Controladoria Interna (Secretaria de Gestão Pública), é de 12 meses a partir da assinatura. De acordo com o secretário de Gestão Pública, Nikolai Cernescu Júnior, três empresas apresentaram proposta, sendo uma desclassifica por não apresentar uma das documentações exigidas em edital. “A empresa vencedora ofereceu R$48,75 por quilômetro varrido, contra R$54 da segunda colocada”, detalha o secretário. O prefeito Beto Preto (PT) destaca que a licitação além de possibilitar a contratação de uma empresa que vai poder prestar um serviço de melhor qualidade para a população, gerou cerca de R$300 mil de economia aos cofres municipais, já que o valor máximo total para gastos previstos no edital era de R$ 1.327.680,00.

POPULAÇÃO VAI ELEGER CONSELHEIROS tutelares em Apucarana

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Apucarana (CMDCA) está convocando todos os apucaranenses com título de eleitor, quites com a Justiça Eleitoral, para participar neste domingo (22/12) da eleição dos novos conselheiros tutelares. O pleito acontece das 8 às 17 horas, no Polo Presencial Apucarana da UAB – Praça Rui Barbosa, nº 12 – e, além do título, o eleitor deverá apresentar um documento oficial com foto, como RG, Carteira de Trabalho ou Carteira de Habilitação. Serão três cabinas para votação secreta. Após duas fases classificatórias, documental e prova seletiva, habilitaram-se sete candidatos. O eleitor deverá escolher apenas uma opção. Na cédula de papel, ele deverá assinalar o candidato da sua escolha com um xis. Com a missão de fazer cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cada conselheiro tutelar deverá atuar no regime de 40 horas semanais, mais plantões, com vencimentos correspondentes a R$2.250,00. A expectativa é de que pelo menos 3 mil apucaranenses compareçam às urnas neste domingo. Uma foto, seguida de breve perfil dos candidatos ao Conselho Tutelar de Apucarana podem ser conferida no site da prefeitura: www.apucarana.pr.gov.br ou ainda no facebook: www.facebook.com/prefapucarana.

CAIXA RESTITUI TAXA DE CARTÓRIO a mutuários do Sumatra I

Nesta segunda-feira (23/12), das 8 às 10 horas, a agência da Caixa Econômica Federal (CEF), localizada na Praça Rui Barbosa, realiza a restituição do segundo e último lote de taxas de cartório a mutuários do Conjunto Residencial Sumatra I. O valor é de R$315 referente ao pagamento da escrituração dos imóveis. Devem comparecer os titulares dos contratos cujos nomes vão da letra “L” à letra “Z”. Na sexta-feira, a restituição já beneficiou os moradores cujos nomes iniciam entre as letras “A” e “J”.  Conforme explicou o prefeito Beto Preto (PT), como as casas são destinadas a famílias de baixa renda, a prefeitura já entendia que os moradores não deveriam pagar nada pela escrituração do imóvel, por estarem enquadrados no critério de tarifa social. “Felizmente, o Governo Federal agora bancará esse valor, através do Fundo de Arrendamento Residencial”, comemora Beto Preto. Os mutuários devem procurar a agência da Caixa no horário das 8 às 10 horas, levando junto os documentos pessoais (RG e CPF). Só será liberado para quem pagou a taxa de R$ 315 e apresentou o comprovante no ato da assinatura do contrato. Construído através do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, o Sumatra I, localizado na região do Jardim Colonial, foi inaugurado no início deste mês, em solenidade que contou com a presença da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e dos deputados federais André Vargas e Alex Canziani. São 486 casas, somando investimentos de R$ 24,3 milhões.

NOTA FISCAL DO PRODUTOR – Agricultores devem regularizar

A Prefeitura de Apucarana solicita aos agricultores que fazem uso da Nota Fiscal do Produtor Rural para que regularizem a entrega das segundas vias do documento. Os produtores devem procurar o setor de emissão, localizado no térreo da Prefeitura, no período das 12 às 18 horas, para que as mesmas sejam contabilizadas e tenham validade. De acordo com Cláudia Paton, responsável pelo setor de Nota Fiscal do Produtor, o Município precisa da segunda via para dar baixa da nota na Receita Estadual. Além disso, ela alerta que a não entrega poderá implicar no bloqueio do Cadastro de Produtor Rural (CAD/PRO).